terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

O feixe de caruma

            A “Ilustração Portuguesa – Revista Semanal dos Acontecimentos da Vida Portugueza”, um suplemento semanal do Jornal “O Século”, publicou, em 30 de Setembro de 1922, o poema intitulado “O feixe de caruma”.
            Não sabemos, naturalmente, onde ou em que mata o autor se inspirou quando escreveu tal poema mas, não sendo relevante, poderia ter sido porventura no nosso Pinhal do Rei, onde, durante séculos, a apanha de caruma foi uma actividade que muito ajudou no sustento de grande parte da população que, do Pinhal, a retirava gratuitamente para seu uso próprio ou comercialização.

 
 
In: Ilustração Portuguesa nº 867 de 30 de Setembro de 1922
© Hemeroteca Digital

3 comentários:

  1. Muito provavelmente, tanto mais que Acácio de Paiva era natural de Leiria.

    ResponderEliminar
  2. Tão lindinho o poema!
    Especial este »post» para mim: é que, apesar de lisboeta e citadina, vivi na Veiria (vila) em 56/57 onde cheguei a ie à caruma com a «criada» que a minha mãe contratou quando lá vivemos. E o que adorava fazê-lo! Isso e ir lavar no tanque da vila e tirar água à picota, e ir aprender a empalhar garrafões... Memories...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...