domingo, 25 de março de 2012

Os Guardas-Florestais e as Casas de Guarda

            O Regulamento de 1790 abandonava a designação de couteiros para quem até aí tinha guardado o Pinhal, passando então a falar-se em guardas florestais, estabelecendo também que esses guardas vivessem em locais junto do Pinhal. Estes, passaram a viver com as suas famílias em casas construídas nesses locais (as casas de guarda). As primeiras 4 casas de guarda foram: Caminhos de Carvide, Cova do Lobo, Pedreanes e Sapinha.
            Com o aumento das populações à volta do Pinhal, mais passagens e mais casas de guarda iam sendo criadas.
         Em 1843 o número de casas de guarda ia em 12 e em 1898 estas eram já 20.
           De início estas casas possuíam apenas 2 divisões, sendo substituídas posteriormente por outras com 4 divisões.
            Cerca dos anos 30 do séc. XX, estas casas foram substituídas por habitações mais confortáveis, tendo em anexo uma pequena casa para cómodos.
           Em 1838, os guardas passaram a usar armas de fogo fornecidas pelo exército.

Tipologia das primeiras casas de guarda

Tipologia das casas de guarda - início do séc. XX

Tipologia das casas de guarda - cerca de 1940

4 comentários:

  1. A última foto, corresponde à guarda da lagoa cova na Burinhosa...

    Tiago Inácio

    ResponderEliminar
  2. Que lindas fotos! E que falta fazem os guardas florestais! O meu marido que foi madeireiro e é de uma família de madeireiros aqui de Leiria passa a vida a dizer: que falta fazem os guardas florestais! Não haveria tantos fogos!

    Bom domingo!

    ResponderEliminar
  3. Exmo Senhor
    Existe em Amor umas ruinas que são vulgarmente associadas ao lugar da primeira Igreja, mas que se dizem ter sido posteriormente utilizadas pela Guarda Florestal/Fiscal, sendo que parecem semelhantes à arquitectura aqui presente. Gostaria de saber a sua opinão sobre o assunto, pois encontro-me neste momento a elaborar um estudo sobre a freguesia.
    Atenciosamente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro amigo
      Não o posso ajudar pois desconheço tais ruínas.
      Obrigado pelo comentário.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...